Blog

Notícias e Novidades

Cenários do Turismo atinge objetivos

As atividades do turismo no Brasil e no mundo começaram a ser reabertos de forma gradativa e responsável. Os destinos turísticos, respaldados aos números de casos do coronavírus, já estão recebendo os turistas, atendendo os rígidos protocolos recomendados pelo setor de saúde pública. Em cinco meses, o mundo teve que se readaptar e o turismo foi um dos setores que teve que se reinventar mais, por ser justamente um dos mais penalizados com a pandemia do Covid-19. Nesse quadro, os diretores do Brazil Travel Market não pensaram duas vezes em programar um amplo debate para discutir normas, modelos e protocolos que vão respaldar as atividades turísticas em todos os seus setores por um longo tempo, até mesmo após a descoberta da vacina contra o coronavírus, prevista ainda para o final de 2020. Por isso, a promoção do Webnário Cenários do Turismo teve importância, pois ofereceu uma contribuição a mais para que o trade pudesse analisar o reflexo de muitas mudanças que ainda virão. Segundo os CEOs do BTM, Claudio Junior, Breno Mesquita e Bruno Mesquista, "o Webnário Cenários do Turismo atingiu seus objetivos ao conseguir apresentar aos profissionais do turismo uma realidade atual das retomadas das viagens". Foram olhares diversos, de diferentes áreas, e este conteúdo continua ativo e pode ser acessado no canal do BTM no YouTube por tempo indeterminado. O evento teve a participação da VC Eventos e coparticipação da Secretaria de Turismo do Ceará, e o patrocínio do Sebrae, Banco do Nordeste, Governo Federal e Hotel Praia Centro. Ao todo o Webnário Cenários do Turismo realizou sete debates com alguns dos principais fornecedores da cadeia produtiva do turismo, entre operadoras, associações, escritórios internacionais de turismo. O tema central dos debates girou em torno das “Estratégias e desafios dos destinos nacionais na retomada”. O mercado não parou durante a pandemia, confirmaram os executivos que participaram dos debates, mas estão tendo que se reinventar e buscar novas alternativas para tentar voltar a crescer no mesmo patamar pré-pandemia. Na opinião deles, será um processo lento e longo para alguns segmentos, como o da aviação comercial, e muito mais cuidadoso, como o segmento de meios de hospedagem e setor aéreo. Os executivos concordaram que existe a necessidade de uma maior comunicação com o público em geral, transmitindo confiança de que o setor em todos os seus segmentos está totalmente seguro, seguindo à risca todos os protocolos estabelecidos pelas organizações mundiais de saúde. Os agentes de viagens serão peças estratégicas nessa retomada, por serem eles o principal elo com os consumidores. Durante os debates, também ficou claro que o setor corporativo têm como se adaptar ao novo normal, mas que os eventos híbridos não podem e não vão substituir os presenciais, como afirmou o presidente da Abracorp (Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas), Gervásio Tanabe. Na opinião dele, existe a necessidade das pessoas conversarem olho no olho para as tomadas de decisão. O evento virtual foi a opção da hora, mas não deve se tornar uma norma. "O setor de eventos voltará a ser como era antes da pandemia", enfatizou Tanabe. Os destinos também se mostram preparados para voltar a receber os turistas, inclusive, todos estão em campanhas promocionais nas redes sociais e programando uma série de ações de marketing, a exemplo da Itália, Ushuaia (Argentina), Flórida e Tailândia, destinos que participaram dos debates durante o webinário. O mesmo têm feito as operadoras de turismo junto aos agentes de viagem e as companhias aéreas. Participaram dos debates: - Arialdo Pinho, Secretário de Turismo do Ceará, Gilmar Piolla, Secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Fernanda Longobardo, Responsável Sede Brasil da ENIT Agência Nacional Italiana de Turismo, Jeff Santos, Representante para América do Sul do Tourism Authority of Thailand, Gonzalo Romero, executivo da Air Europa, e Renata Pedretti Pestana, gerente nacional de Vendas da Gol Linhas Aéreas; Celso Guelfi, presidente da GTA - Global Travel Assistance, e Luiz Gustavo Costa, CEO da APRIL Brasil Seguro Viagem; Maurício Vianna, da Turks e Caicos, fundador da Net Hospitality, e Renata Vuono, gerente de marketing do Ministério do Turismo de Israel; José Luis Recchia, Secretário de Turismo de Ushuaia, Cristiane Cavalli, Chefe do Programa Assuntos Internacionais da Secretaria de Turismo de Ushuaia; Gervásio Tanabe, presidente executivo da Abracorp, e Rebeca Ferreira, gerente Norte/Nordeste da Trend Operadora, e Fabiano Portela (Gerente Regional Norte e Nordeste da RexturAdvance).

Ler mais